A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Planeta-X: Crescem as evidências de novo planeta no Sistema Solar

Planeta-X: Crescem as evidências de novo planeta no Sistema Solar

Há muito se especula sobre as anomalias orbitais observadas em alguns objetos no Cinturão de Kuiper. Agora, um novo estudo mostra que elas são causadas por um objeto muito grande, o que aumenta as chances de termos mais um grande planeta no Sistema Solar.
Planeta Nove
Clique para ampliar
Os autores do estudo são Michael Brown e Konstantin Batygin, ligados ao Caltech, Instituto de Tecnologia da Califórnia, que há muito tempo se dedicam ao estudo dos distantes objetos transnetunianos, entre eles Sedna, Eris e Makemake, os dois últimos descobertos por Brown em 2005.
Segundo o estudo, o possível "Planeta Nove" teria 10 vezes a massa da Terra e orbitaria o Sol a cada 15 mil anos. Como sua orbita é bastante alongada, a aproximação máxima do Sol seria de cerca de 30.5 bilhões de km, ou seja, cerca de seis vezes mais longe que Plutão.

Evidências
As evidências da existência desse possível planeta começaram desde que os pesquisadores notaram um pequeno achatamento na orbita de alguns planetas-anões quando esses penetravam o cinturão de Kuiper, uma remota região do Sistema Solar localizada entre 30 UA e 50 UA do Sol (entre 5 bilhões e 7.5 bilhões de km).
As evidências eram tão grandes que muitos cientistas passaram a observar com mais atenção essa região do espaço e desde então diversos estudos foram publicados, entre eles o recente trabalho de Brown e Batygin.

Grafico mostra a possível localização do Planeta Nove e o traçado de sua orbita. Seu ponto mais perto do Sol estaria a 30.5 bilhões de km, ou seja, cerca de seis vezes mais longe que Plutão.

Simulações
Como outros cientistas, a dupla de pesquisadores observou que o eixo maior da órbita de seis planetas anões dentro do Cinturão de Kuiper sempre apontava para a mesma região do espaço e que isso talvez não fosse apenas coincidência.
Para tirar as dúvidas, Brown e Batygin passaram a fazer diversas simulações e os achatamentos das orbitas simuladas somente se igualavam aos observados na prática quando um objeto com 10 massas terrestres era introduzido nos modelos, causando uma forte interação gravitacional.

Provável e Difícil de Achar
O trabalho de Brown e Batygin é extremamente sólido e alicerçado por dados observacionais difíceis de serem refutados, o que os leva à conclusão que de fato existe um novo planeta no Sistema Solar, mas que pelas características será um verdadeiro desafio de ser encontrado.
O "Planeta Nove", como está sendo chamado, embora seja bem maior que a Terra é muito escuro e se move muito devagar contra o fundo estelar. Além disso, ainda não se sabe exatamente em que ponto da sua orbita ele se encontra, o que dificulta o apontamento de telescópios.

Começa a Caçada
Ao que tudo indica, a "Caçada ao Planeta Nove" já começou, mas poucos terão chances de serem os seus descobridores, uma vez que a quantidade de telescópios terrestres capazes de detectar um objeto tão distante e tênue é muito pequena.
Atualmente, as esperanças da descoberta estão depositadas no grande telescópio japonês Subaru, de 8.2 metros, localizado no topo do Mauna Kea, no Havaí. Além do grande espelho, Subaru tem um dos maiores campos de visão entre os telescópios terrestres, o que permite varrer grandes porções do céu.
Para Brown, as dificuldades em observar o planeta reduz o leque de quem poderá descobri-lo. "Infelizmente, eu não sou dono do telescópio Subaru, mas estou muito ansioso para que outros astrônomos confirmem a existência do novo planeta".
Se confirmada a presença do Planeta Nove, será o fim da caçada "desse" Planeta-X e o começo de uma nova etapa na pesquisa do Sistema Solar e quem sabe, novos "Planetas-X" virão! 

http://www.apolo11.com/spacenews.php?titulo=Planeta-X_Crescem_as_evidencias_de_novo_planeta_no_Sistema_Solar&posic=dat_20160121-095935.inc 

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Como afastar Energias Ruins da sua Casa

Como afastar Energias Ruins da sua Casa

O Poder da Natureza - Plantas Poderosas


As ervas são bastante utilizadas em vários aspetos de sua vida, desde a medicina à culinária, passando pela indústria de cosméticos. As ervas são conhecidas por suas características terapêuticas, mas também por seu aroma ou pelo sabor que dão aos pratos.

Mas as propriedades das ervas não se esgotam aqui. Algumas ervas têm também capacidade de afastar energias ruins, proteger contra mau-olhado ou mesmo invejas. Vamos agora apresentar a você uma lista de ervas capazes de favorecer você e afastar as energias ruins.
 

Vamos ajudar você a proteger sua casa usando ervas


  • Comigo ninguém pode

    Comigo ninguém pode


    Esta é uma erva que ajuda a combater as energias ruins de qualquer ambiente. Como é cultivada em vaso, pode ser também um elemento de decoração, anulando os efeitos negativos das energias. No entanto, não deve ser utilizada em casas que tenham crianças ou animais pois é tóxica.
     
  • Arruda

    Arruda


    Esta é a rainha das ervas para afastar más energias. Se quiser proteger seu lar e sua família, tenha sempre em casa um vasinho de arruda.
     
  • Espada de S. Jorge

    Espada de S. Jorge


    Esta é uma das ervas mais conceituadas e tem propriedades garantidas de cortar energias negativas e mau-olhado. Coloque esta erva, plantada em um vaso, à porta de casa. Assim, você garante que todas as energias ruins ficam cá fora e nem chegam a entrar em seu lar.
     
  • Pimenta

    Pimenta


    Quem diria que a pimenta é uma das armas contra as más energias? Pois é, se você tiver uma pimenteira em sua casa e esta estiver com más energias e males de inveja, a planta seca. Além de você conseguir ver se sua casa está carregada, a pimenteira garante também a estimulação da vitalidade.
     
Pronta para arriscar na utilização das ervas para purificação de ambientes? Acredite que estas propriedades das ervas irão ajudar você a ter uma vida mais tranquila e…limpa.
http://www.wemystic.com.br/artigos/ervas-que-afastam-energias-ruins/

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

O Custódio da Terra Santa, Padre Pierbattista Pizzaballa chama: Não abandonem a Terra Santa!


Os ataques terroristas por parte de grupos fundamentalistas em todo o mundo, têm afetado peregrinações à Terra Santa, causando uma diminuição de mais de 40 por cento no número de peregrinações. Apesar de alguns sinais de recuperação, o medo de ir para esta terra abençoada permanece grande.
Ouvindo as vozes das diversas comunidades cristãs que vivem em Israel, eu lhe digo: "Não abandonem a Terra Santa". Não há nenhuma razão sensata para não organizar uma peregrinação aos Lugares Santos. A segurança em santuários e áreas frequentadas por peregrinos é garantida. Nós, cristãos da Terra Santa, estão precisando mais do que nunca da presença eo apoio dos peregrinos que vêm aqui para rezar de todo o mundo.
Viver como cristãos na Terra Santa significa ter uma vocação particular e universal. Aqui a Igreja latina é essencialmente composta por três grupos: As comunidades tradicionais locais de cristãos árabes; Uma nova comunidade unindo evangélicos, Judeus messiânicos e Católicos; A comunidade internacional, que inclui muitos trabalhadores estrangeiros, especialmente os Filipinos, Sul-Americanos e Indios, que residem permanentemente na Terra Santa, e alguns outros grupos de diferentes origens que passam períodos mais curtos ou mais longos aqui.
Juntamente com a Igreja latina outras comunidades cristãs importantes vivem e trabalham na Terra Santa, dos quais os principais são a Igreja Ortodoxa Grega, a Igreja Armênia ea Igreja Copta. Dentro do mesmo mundo católico há grupos com ritos diferentes do que a Igreja Latina.
Jerusalém e os Lugares Santos cristãos permanecem até hoje um sinal fundamental da fé. O testemunho de vida, morte e ressurreição de Jesus, que aqui, neste mesmo lugar, ocorreram.
Todos os cristãos, mesmo o mais remoto, olham à Terra Santa para encontrar esses sinais em suas raízes e o verdadeiro significado da sua missão no mundo. Na Terra Santa você pode sentir a vida de Jesus, reviver o Novo Testamento. Aqui pode-se aprender a olhar, escutar, meditar e desfrutar do silêncio e assim compreender o significado mais profundo e mistério da sua passagem. Na Terra Santa pode-se experimentar os mesmos cheiros, visões e cores que Jesus sabia quando ele se revelou para o mundo.
Os cristãos da Terra Santa sempre foram uma minoria, mas nunca tenham desaparecido. eles são um testemunho vivo de uma fé maior, em amor coa sua própria história e suas próprias idéias, não temendo de mudanças, ,mas abertos, calmos, positivos e, ao mesmo tempo, claros, enraizados em seu senso de identidade e de pertença. Pró-ativos para o futuro , ativos na proteção dos Lugares Santos, são guardiães da tradição e da memória de toda a cristandade.
A fim de salvaguardar esta presença (e, se possível, reforçá-la), convido e encorajo uma vez mais dioceses, paróquias e movimentos não nos abandonar, vir-se em peregrinação à Terra Santa como um testemunho de paz e de diálogo.
Estou confiante de que esta chamada será acolhida por muitos católicos italianos (e outros) que têm a Terra Santa no coração.
Sejam Bem Vindos todos os crentes a seguir os passos de Jesus.
Pierbattista Pizzaballa OFM
Custódio
http://www.holyland-pilgrimage.org/pt-pt/node/6132
Ocorreu um erro neste gadget

LIKE-FACEBOOK

VISITORS

free counters

solar terrestrial data