A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Matéria escura ainda mais obscura: novo estudo confunde cientistas


Novas medições de galáxias pequenas contradizem o melhor modelo que explica a matéria escura até agora. A descoberta complica ainda mais a imagem já misteriosa da matéria escura, que se acredita que ocupa 98% de toda a matéria do universo.
A matéria escura, o material invisível que se pensa que permeia o universo, só pode ser indiretamente detectada através de sua atração gravitacional sobre a matéria normal que compõe estrelas e planetas.
Apesar de não saber exatamente o que é a matéria escura, os cientistas construíram um bom modelo para descrever seu comportamento. Esse modelo prevê que a matéria escura é composta por exóticas partículas lentas e frias que se agregam por causa da gravidade.
Esse modelo da matéria escura fria descreve muito bem como a matéria se comporta na maioria das situações. No entanto, a teoria não funciona quando é aplicada a galáxias anãs, onde a matéria escura aparece mais espalhada do que deveria ser, de acordo com o modelo.
Em um novo estudo, pesquisadores calcularam a distribuição da massa de duas galáxias anãs usando um novo método que não depende de qualquer teoria da matéria escura. Os cientistas estudaram as galáxias anãs Fornax e Escultor, que orbitam a Via Láctea.
As novas medições contradizem a vigente teoria da matéria escura porque, de acordo com ela, os centros de galáxias devem ser embalados com aglomerados densos de matéria invisível. Mas a matéria escura parece estar espalhada uniformemente por Fornax e Escultor, bem como em outras galáxias anãs cuja distribuição da massa foram medidas de outras maneiras.
Se uma galáxia anã fosse um pêssego, o modelo cosmológico padrão diria que a matéria escura deveria estar no centro, como um caroço. Mas, em vez disso, as duas galáxias anãs estudadas parecem “pêssegos sem caroço”. Essas medições sugerem que alguma parte do modelo teórico da matéria escura deve ser revisto.
Galáxias anãs, como Fornax e Escultor, são lugares especialmente bons para estudar a matéria escura, porque elas são quase inteiramente compostas disso, de acordo com o que acreditam os cientistas. Apenas 1% da matéria de uma galáxia anã é matéria normal que compõe estrelas.
Para determinar onde e quanto de matéria escura habita as galáxias anãs, os pesquisadores estudaram os movimentos de 1.500 a 2.500 estrelas visíveis que refletem as forças gravitacionais agindo sobre elas a partir da matéria escura.
Alguns pesquisadores sugerem que quando a matéria escura interage com a matéria normal, ela tende a se espalhar, diminuindo assim a densidade de matéria escura no centro das galáxias. No entanto, até agora, o modelo de matéria escura fria não prevê isso.
Ou a matéria normal afeta a matéria escura mais do que os cientistas pensavam, ou ela não é fria e lenta. Depois desse estudo, cientistas sabem ainda menos sobre a matéria escura do que conheciam antes.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

LIKE-FACEBOOK

VISITORS

free counters

solar terrestrial data