A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

terça-feira, 5 de junho de 2012

É hoje. Vênus cruza disco solar no último trânsito do século


É hoje. Vênus cruza disco solar no último trânsito do século Terça-feira, 5 jun 2012 - 10h27

É hoje. Vênus cruza disco solar no último trânsito do século

  
Às 19h09 desta terça-feira, astrônomos e observadores em todo o mundo terão a última chance para acompanhar um raro evento celeste. Durante sete horas o planeta Vênus cruzará o disco solar, em um espetáculo único que será transmitido ao vivo!
Nesta noite, depois que os últimos raios de sol deixarem de iluminar o Brasil, um verdadeiro batalhão de telescópios profissionais e amadores, em diversas partes do mundo, estarão apontados paro astro-rei. Satélites de observação solar farão imagens ao vivo da estrela, enquanto binóculos equipados com filtros vermelhos estarão, aos milhões, apontados para o espaço.Não é necessário dizer, mas o trânsito de Vênus de 2012 será o maior evento desse tipo a ser acompanhado por tantos instrumentos simultaneamente. Desde 2004, quando ocorreu o último trânsito, três novos telescópios solares foram lançados e milhões de pessoas adquiriram telescópios e binóculos, transformado-as em astrônomo amadores do dia para a noite. Além disso, a facilidade das transmissões ao vivo pela internet permitiu que eventos assim sejam repercutidos instantaneamente de qualquer parte do mundo, por qualquer pessoa.O trânsito de Vênus é um fenômeno raro, que acontece aos pares uma única vez por século. A última vez que isso aconteceu foi em 2004 e o próximo só em 2117. Isso faz do evento de hoje uma oportunidade única de acompanhamento pela quase totalidade de pessoas vivas atualmente.
Anel de FogoPara a maior parte das pessoas, o trânsito será simplesmente uma curiosidade, um fato interessante sem maiores consequências, mas para os astrônomos amadores e profissionais será uma oportunidade única de colocar seus conhecimentos à prova e também tentar responder algumas perguntas que ainda cercam a natureza do planeta Vênus e também da Terra.
anel de fogo de Vênus
Em 2004, quando o planeta cruzou o disco solar pela primeira vez no século 21, um interessante fenômeno foi observado pelos astrônomos. Durante a passagem pelo limbo da estrela, uma espécie de anel de fogo foi visto ao redor do planeta, intrigando os cientistas. Apesar da grande quantidade de instrumentos que registraram o evento, nenhum deles estava preparado para estudar o anel.Contando agora com uma rede de 9 coronógrafos espalhados pelo mundo, os pesquisadores Thomas Widemann, ligado ao Observatoire de Paris e Jay Pasachoff, do Williams College, EUA, poderão estudar melhor o fenômeno e fornecer respostas para o fenômeno.Os primeiros estudos mostraram que a causa do aparecimento do anel durante o trânsito era causado pela refração dos raios solares através da atmosfera superior de Vênus."Não entendemos porque um planeta tão parecido com o nosso tem uma atmosfera tão diferente", explica Widemann.Terra e Vênus têm tamanhos semelhantes, distâncias similares com relação ao Sol e são construídos basicamente do mesmo material. No entanto, os dois planetas estão envoltos em cobertores de ar bastante diferentes. Vênus tem uma atmosfera 100 vezes mais maciça que a da Terra e consiste principalmente de CO2. Isso cria um efeito estufa gigantesco, tornando a superfície venusiana uma tórrida fornalha de mais de 500 graus Celsius.Durante o trânsito, os pesquisadores farão uma análise espectral detalhada da atmosfera venusiana com objetivo de estudar a composição química de sua atmosfera e entender como os dois planetas se tornaram tão diferentes, apesar das características que têm em comum.
De acordo com Pasachoff, os melhores momentos para ver o arco serão quando o Sol ingressar ou deixar o limbo do Sol. O ingresso do planeta ocorrerá às 19h09 BRT e 19h27 BRT enquanto a saída será a 01h32 e 01h50 BRT. Se você estiver em algum local em que seja possível ver o trânsito, esteja certo de que seu telescópio ou binóculo estejam equipados com filtros apropriados. O arco será visível com filtros branco ou H-alfa (Hidrogênio Alfa).Este será apenas um dos muitos experimentos que serão feitos. Além da composição química de Vênus, outro experimento que chama a atenção será feito pelo telescópio espacial Hubble, que usará uma das crateras da Lua para registrar o trânsito. O objetivo será aprimorar técnicas que poderão ser usadas na busca por planetas extrassolares.
Veja ao vivoApesar do trânsito de Vênus de 2012 não ser visível na maior parte do Brasil, você poderá acompanhar o evento no conforto da sua casa aqui mesmo no ApoloChannel.O trânsito planetário será transmitido na íntegra - ao vivo - na noite do dia 5 de junho, a partir das 19 horas. Além disso, você poderá participar de um chat em tempo real entre os usuários que estarão assistindo ao fenômeno. Melhor que isso, só se for para assistir no Havaí, o melhor lugar da Terra para acompanhar o trânsito!
Veja também:Antes do trânsito de Vênus, veja Mercúrio próximo ao pôr-do-Sol
Trânsito de Vênus é espetáculo astronômico do século 
Telescópio Hubble usará a Lua como espelho para observar trânsito de Vênus
Artes: no topo, trânsito de Vênus registrado em junho de 2004. Acima, registro do "anel de fogo" durante o trânsito de 2004, registrado pelo astrônomo amador André Rondi, através de um telescópio refrator de 250 mm, próximo a Toulouse, França. Créditos: Nasa, Observatório Mauna Kea, André Rond, Apolo11.com. Direitos ReservadosApolo11.com - Todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

LIKE-FACEBOOK

VISITORS

free counters

solar terrestrial data