A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

A BIODIVERSIDADE ESTÁ AMEAÇADA PELA AÇÃO IMPETUOSA DO HOMEM!

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Novo modelo orbital do nosso sistema solar é apresentado. Contudo, há contestações

Novo modelo orbital do nosso sistema solar é apresentado. Contudo, há contestações

A teoria propõe que o Sol age como um cometa, arrastando os planetas junto na sua tragetória pelo espaço.
A teoria propõe que o Sol age como um cometa, arrastando os planetas junto na sua trajetória pelo espaço.
O velho modelo Heliocêntrico de Newton/Copérnico do nosso sistema solar está sendo contestado por uma maneira diferente de se ver a movimentação do nosso Sol e seus planetas, a qual faz mais sentido.
Uma das razões para este modelo poder estar certo é o fato de que no modelo heliocêntrico que foi primeiramente proposto pelos astrônomos, quando a Terra, ou qualquer outro planeta, está orbitando na direção contrária da que o Sol está se movimentando, ela teria que diminuir sua velocidade, e quando está orbitando na mesma direção da trajetória do Sol (movimentos estes que ocorrem pela metade de cada ano intercaladamente), ela teria que mudar sua velocidade e viajar duas vezes mais rápido do que o nosso astro rei.
No novo modelo orbital proposto, chamado modelo helicoidal, a questão mencionada acima seria irrelevante, pois os planetas se movimentam ao longo da mesma trajetória que o Sol, todo o tempo, não tendo que aumentar e diminuir suas velocidades para se manterem em órbita.
Mesmo assim, se procurarem na Internet, há contestações dos cientistas ‘convencionais’ quanto a este novo modelo helicoidal.
Veja o vídeo do novo modelo proposto:Fonte do vídeo: tumombombaginiciuaua
n3m3
Colaboração: Josemir

Leia mais: http://ovnihoje.com/2013/10/03/novo-modelo-orbital-do-nosso-sistema-solar-e-apresentado-contudo-ha-contestacoes/#ixzz2gil6vBXD 
Follow us: @ovnihoje on Twitter | ovni.hoje on Facebook


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

LIKE-FACEBOOK

VISITORS

free counters

solar terrestrial data